Endometriose sinais e sintomas que podem te ajudar a identifica-la

Endometriose sinais e sintomas que podem te ajudar a identifica-la, neste Post vamos falar sobre um assunto que afeta cerca de seis milhões de mulheres no Brasil em fase reprodutiva, e como  identifica-la.

 

ENDOMETRIOSE

 

É uma doença caracterizada pela presença e aumento fora da cavidade uterina de endométrio -tecido que reveste o interior do útero- ou seja, em outros órgão da pelve como: bexiga, ovários, intestino e trompas.

O endométrio todos os meses, fica mais espesso aguardando um óvulo fecundado possa se implantar nele para que ocorra a gravidez e quando isso não acontece, ele sofre descamações e é expelido na menstruação.

A Endometriose acomete mulheres a partir da sua primeira menstruação podendo ir até a última e e geralmente ela é mais frequente na faixa etária dos 30 aos 40 anos, mas diagnosticada entre outras idades também.

 

 Jornal Ciência

 

Só hoje, a Endometriose afeta cerca de seis milhões de brasileiras, segundo a Associação Brasileira de Endometriose, e cerca de 30% podem desenvolvê-la, com chances de ficarem estéreis.

 

SINTOMAS

Os sintomas podem variar de uma mulher para mulher, como dores e cólicas fortíssimas, como também nenhum desconforto e outros casos acompanhado de infertilidade.

Outros sintomas comuns estão:

 

  • Cólicas menstruais intensas e dor durante a menstruação;
  • Dor pré-menstrual;
  • Sangramento menstrual intenso ou irregular;
  • Dor difusa ou crônica na região pélvica;
  • Dor durante as relações sexuais;
  • Alterações intestinais ou urinárias durante a menstruação;
  • Dificuldade para engravidar e infertilidade.
  • Fadiga crônica e exaustão;

 

 

DIAGNÓSTICO

 

Deve ser dado pelo Ginecologista levando em consideração a faixa etária e sintomas que a mulher tenha. É feito por meio de exame físico, ultrassom (ultrassonografia) endovaginal especializado, exame ginecológico, dosagem de marcadores e outros exames de laboratório.

Endometriose Leve

  • São usados anti-inflamatórios, reduzem as dores mas não impedindo o desenvolvimento da doença.  Este tipo de tratamento não afeta a ovulação e, por isso são mais usados por mulheres que pretendem engravidar.

Endometriose Profunda

  • São indicados o uso de remédios hormonais (Anticoncepcional oral ou DIU Mirena) ou cirurgia para reduzir a quantidade do tecido endometrial fora do útero. Tratamento mais comum em mulheres com mais de 40 anos.

 

Se a doença for detectada logo no início, o tratamento poderá ser instituído precocemente, aumentando a efetividade de alívio dos sintomas. Para isso, a mulher deverá relatar ao médico as situações atípicas e quaisquer outros problemas que possam ser sintoma da endometriose.

Uma outra dica muito importante é ir regularmente ao Ginecologista desde da primeira menstruação e sempre conversar com seu médico, sobre qualquer mudança no seu ciclo menstrual.

Pra facilitar armazenar todos os dados do seu Ciclo menstrual!!!

Deixo a Dica do Aplicativo gratuito para iPhone e iPad  CLUE

 

Um abraço, até a próxima! 🙂